Cadarço Sapato e Chiclete

O amor é complexo
Sem nexo, convexo, é sexo
É frio de geladeira e tem calor de fogão
Jorra água de torneira, é filme, televisão
O amor é carga na tomada
É sangue no coração

Quando você chega mais perto assim
Tudo dá certo pra mim
Sorte é amar e viver
Somos, enfim, cadarço, sapato e chiclete
A seta que aponta e converge
Início sem medo e sem fim

Então sorri pra mim, vem cá
Pra gente namorar
Já tá tudo dando certo
Na espera de você chegar